top of page
  • Foto do escritorGrupo Nonna

Importância do Trade Marketing para a gestão do PDV

Quando falamos sobre a gestão de vendas no varejo, sabemos que é necessário aplicar estratégias eficientes que destaquem a marca perante a concorrência. E é aqui que entra o Trade Marketing, responsável por colocar sua marca e seus produtos em evidência.


Mas será que você realmente sabe qual a importância do Trade Marketing para as indústrias e, principalmente, para a gestão dos PDVs? É o que a gente vai te contar neste artigo!



O que é Trade Marketing?


O conceito é definido como um conjunto de estratégias aplicadas pela indústria com o intuito de analisar o comportamento e hábitos de compra dos consumidores.


Dessa forma, torna-se possível investir em ações de marketing e vendas mais assertivas, que atinjam o público-alvo de todos os canais de atendimento e distribuição utilizados pela marca.


Portanto, podemos afirmar que o Trade Marketing deve atuar em todos os pontos em que o shopper está presente (desde o primeiro contato até a conclusão da venda), aumentando o valor do produto e, por consequência, a lucratividade da empresa.


Entre as ações de Trade Marketing mais comuns, temos:

  • Planejamento de calendários que abranjam épocas e produtos sazonais;

  • Aplicação e avaliação posterior de promoções;

  • Planejamento do estoque;

  • Análise das performances de vendas dos PDVs;

  • Realização de pesquisas de mercado in loco;

  • Elaboração de relatórios.


Por que o Trade Marketing é importante para sua marca?


Por que o Trade Marketing é importante

Quando bem planejadas e executadas, as estratégias de Trade Marketing podem ser valiosas para a marca, gerando inúmeros pontos positivos para o PDV, canais digitais e, o mais importante, para o relacionamento com os shoppers.


Entre esses benefícios, podemos citar:


Aumento do Market Share

Com ações bem pensadas e aplicadas, o PDV poderá não só vender mais, como também ganhar mais espaço no supermercado ou loja. Consequentemente, o fabricante terá um aumento na venda de seus produtos, tendo a possibilidade de expandir para novos mercados.


Fidelização do shopper

Ao aproximar o consumidor da sua marca, através de estratégias assertivas que integram a venda do produto à promoção, tem-se que seu shopper passará a conhecer - e se identificar - cada vez mais com sua empresa e seu propósito, fidelizando-se ao produto.


Aumento da visibilidade da marca

Além de ser um fator positivo por si só, isso permite que você amplie sua vantagem competitiva sobre os concorrentes, visto que terá à disposição mais materiais para exibição no PDV e propagandas.


Resultados contínuos

As estratégias de Trade Marketing não são voltadas para um período fechado, pois foca em um impulsionamento constante da marca, que melhora a longo prazo a rentabilidade e o relacionamento com os distribuidores e os shoppers.


Presença no mercado e fortalecimento da marca

O Trade Marketing visa não só impulsionar as vendas da sua marca, como também melhorar a troca de informações estratégicas entre indústrias, distribuidores e atacadistas. Dessa forma, todos saem ganhando, com um aumento na quantidade de consumidores no PDV, no giro de estoque e, claro, na lucratividade.


Além disso, o Trade Marketing tem como um dos principais focos unir fabricantes e distribuidores, a fim de que ambas as partes vendam mais produtos ou serviços. Ademais, o Trade Marketing permite que você conheça seu público e tenha um mercado segmentado.


E como desenvolver estratégias de sucesso para sua empresa?


Atualmente, é fato que uma estratégia assertiva é capaz não só de destacar a sua marca perante a concorrência, mas conquistar cada vez mais pontos de venda.


E isso só é possível se você for capaz de convencer os revendedores (e seus clientes) de que o seu produto é o melhor do mercado.


E, antes de planejar as estratégias da sua marca, lembre-se de que elas devem ultrapassar dois desafios:


Competição: como falamos acima, é função do Trade Marketing convencer o intermediário de que o seu produto é superior ao do seu concorrente, e por isso ele deve colocá-lo à venda;


Espaço: nas gôndolas o espaço é limitado, e sua marca precisará brigar com outras a fim de ter a melhor visibilidade para os shoppers.


Ao ter noção sobre esses dois tópicos, sua marca tem mais chances de se tornar uma das procuradas pelo consumidor no momento da compra, fazendo com que a visibilidade - e as vendas - cresça cada vez mais.


Como ter sucesso no Trade Marketing?


Para ser assertivo na hora de planejar (e colocar em prática) as estratégias de Trade, você deve considerar alguns pontos:


Bom relacionamento interno

Tenha contato com todas as áreas da empresa, do marketing ao centro de distribuição e até mesmo o financeiro. É importante que você compreenda como as ações podem afetar positiva ou negativamente cada espaço, além de escutar as sugestões e ideias propostas pelas pessoas que vivem a realidade de cada função diariamente.


Bom relacionamento com os fornecedores

Você também deve ouvir quem está presente no PDV, pois eles saberão, com certeza, te indicar ações que podem - ou não - ser bem sucedidas. Além disso, é sempre bom ter um parceiro de negócios no varejo, auxiliando sua marca a enxergar aquilo que vale a pena investir.


Observe o cenário atual do mercado

Nesse ponto, tem-se que é importante não só saber como investir no mercado atual, mas onde sua marca quer chegar futuramente. A partir de ações de Inteligência de Mercado, você deve estar sempre atento às suas metas, traçando estratégias assertivas e, claro, possíveis.


Quando aplicado de maneira eficiente, o Trade Marketing traz resultados contínuos para você e seu shopper, que se fideliza à sua marca. Por isso, esteja sempre por dentro de todas as ações, seja durante o planejamento, durante a execução e na análise dos resultados.

63 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page